Postado por : ShadZ Feb 1, 2019

Seguir em frente


Logo pela manhã Sapphire já se encontrava no ginásio da cidade. Brawly a recebeu pessoalmente na entrada já com um grande sorriso, mesmo sendo tão cedo. Para ele não havia tempo ruim. A desafiante, por sua vez, esboçava todo o cansaço que podia, por não estar acostumada a se levantar antes das dez e meia.

Ela estava sozinha dessa vez. Ruby e Camila resolveram voltar à Caverna de Granito para explorar o local mais um pouco. Até preferia que fosse assim, pois estava nervosa com o exame físico que teria que prestar.

— E aí? Preparada? — Brawly perguntava, demonstrando sua habitual energia.

— Sei lá, mas vamos ver isso logo.

— Não se preocupe. Vai ser tranquilão, te garanto.

Os dois foram para o lado de dentro da academia, onde Brawly mostrou um circuito com variados tipos de obstáculos, entre os quais havia voltados para saltos, corridas com passos regrados, escaladas e outros tipos de atividade.

— Compreendeu bem o que é pra fazer, ou ficou alguma dúvida?

— Não, acho que já entendi.

— Tudo bem — Brawly deu uma olhada rápida em seu relógio de pulso. — Vamos fazer um aquecimento rápido, e daqui a quinze minutos nós começamos. Libere os Pokémons que pretende usar, o teste é principalmente para eles.

Após alguns minutos variando entre alongamentos e exercícios para ritmar a respiração, Sapphire e seus companheiros de equipe estavam prontos para fazer o circuito. Brawly tinha um cronômetro em mãos, que usaria para marcar o tempo que a equipe desafiante levaria para completar a prova.

— Para serem aprovados para a próxima etapa, vocês devem completar esse circuito em vinte e cinco minutos ou menos, falou?

— Falou — Sapphire e seus parceiros se colocaram em posição de prontidão, esperando apenas a autorização do líder de ginásio para iniciarem.

Dan e Jet estavam com a garota, uma vez que a batalha seria de dois contra dois. Brawly, já habituado a enfrentar treinadores com Pokémons do tipo voador, estava precavido ao colocar um conjunto de obstáculos exclusivo para o pássaro.

— Beleza, em suas marcas... — Brawly olhava para o cronômetro que segurava em uma mão, enquanto a outra que estava erguida foi lançada para baixo. — Manda ver!

Sapphire e sua equipe dispararam para ganhar o máximo de tempo possível no começo da prova. A passada da garota e de Dan, bem como o bater de asas de Jet, estavam em alto ritmo, demonstrando que naquele momento eles já estavam dando tudo de si. Brawly observava com curiosidade o esforço da garota. Ela não estava nem um pouco disposta a fracassar naquele teste.

Pneus, barras, rampas, buracos e cordas. Argolas penduradas no teto também faziam parte do cenário. Sapphire, Dan e Jet passavam por cada obstáculo com atenção, porém com agilidade.

— Mantenham o foco, estamos indo bem! — Sapphire tentava dar breves palavras de incentivo aos seus Pokémons, mas ao mesmo tempo se preocupando para que as falas não atrapalhassem o ritmo de sua respiração.

Jet parecia não ter dificuldades para passar pelos obstáculos. Por ser pequeno e ágil, ele conseguia mudar de direção e retomar o equilíbrio com muita rapidez. Porém, a mesma falta de tamanho já não era tão favorável a Dan, que precisava fazer bastante esforço para saltar sobre obstáculos maiores. Sapphire muitas vezes parava a corrida para se fazer de degrau para o Torchic quando a subida era muito alta.

— Eu confio em você pra vencer mais essa pra nós — disse Sapphire ao pequeno Pokémon de fogo, ainda que a resposta do mesmo fosse de indiferença.

Na medida em que avançava pelos obstáculos, o esforço empregado por Sapphire, Dan e Jet para continuar era cada vez maior. Os três já começavam a dar seus primeiros sinais de desgaste, pois ainda que treinassem diariamente não estavam acostumados com exercícios físicos tão rigorosos.

Sapphire já sentia suas pernas fraquejarem. Seus ombros pareciam ter o triplo do peso naquele momento, e seu peito doía devido à falta de ar. Sentia que ia desabar a qualquer momento, e foi o que aconteceu. A garota caiu para frente, de joelhos, e parecia não encontrar mais forças para se levantar.

Ela respirava com dificuldade. Sua vista já se tornava inimiga ao lhe apresentar imagens turvas e duplicadas.

— Não dá mais... — sua voz mal saía.

A treinadora então foi cercada por seus dois parceiros de equipe. O Torchic a encarava com um semblante descontente, lhe dando as costas logo em seguida. O Taillow apenas a observava com atenção.

Quando Sapphire ergueu a cabeça conseguiu ver a pouco mais de quinze metros o final do trajeto. Ela olhou mais uma vez para a dupla que a acompanhava, novamente olhou para a linha de chegada e entendeu que deveria seguir tentando.

— Está perto demais para eu desistir. Eu vou completar essa prova, independente de cumprir o tempo, independente se eu vou sair daqui direto pra um hospital. Eu tenho que fazer isso.

Brawly permanecia em seu lugar, apenas acompanhando a prova sem tomar nenhuma iniciativa de interferir no andamento da mesma. Vez ou outra dirigia algumas palavras de provocação à menina.

— E aí, Sapphire? Vai desistir?

— Não dessa vez!

A garota se ergueu com o pouco de força que ainda tinha e disparou em direção ao final da prova. O líder de ginásio se surpreendeu com a força de vontade de sua desafiante, afastando o dedo do botão para interromper a cronometragem. A menina corria com tudo que podia. Se fosse para cair, ela cairia do outro lado da linha de chegada.

O circuito finalmente foi concluído. Brawly pausou o tempo do cronômetro, e ao olhar para o tempo feito pelo time de Sapphire abriu um sorriso de satisfação.

— Vinte e três minutos e quarenta segundos! — o líder exclamou em tom de surpresa. — Nada mal.

— Qual é a próxima etapa? — Sapphire arfava de cansaço, mal conseguia encontrar forças para fazer sair as palavras de sua boca.

— Vamos dar uma caminhada pela praia. Vá beber uma água e me encontre na porta de entrada.

Assim que Sapphire saiu de perto de Brawly, um dos assistentes da academia o abordou com um semblante confuso.

— Que caminhada é essa?

— Relaxa, cara — o líder respondeu com um riso descontraído. — Tá tudo no esquema.

Juntos, Brawly e Sapphire caminharam até a praia ao norte da cidade. Era lá que se situava a Caverna de Granito, e um dos points de surf mais aclamados da região.

Brawly, porém, decidiu levar Sapphire para um local mais escondido. Uma pequena faixa de areia se mantinha disponível entre as paredes da caverna e o oceano, o que só era possível por ser um horário onde normalmente a maré estava baixa.

— Pode deixar as coisas nesse canto — disse o líder, apontando para um local encostado nas rochas. — Ninguém vem aqui além de mim e a água não vai chegar aí agora. E vamos andar descalços. Vai ser chato entrar areia nos nossos tênis, além de ficarmos parecendo farofeiros.

Os dois começaram a caminhar por uma faixa de areia comprida, que levava ao outro lado da caverna. Sapphire ainda sentia seus músculos doerem devido ao esforço feito no circuito mais cedo. Mas ao mesmo tempo desfrutava do prazer de sentir a brisa litorânea bater contra seu rosto.

— É um vento bom, não é? — Brawly perguntou. — Eu sempre venho aqui sozinho pra colocar os pensamentos em dia. Mas também gosto de trazer os desafiantes gente boa aqui antes das batalhas. Conhecer eles um pouco, saber de suas histórias. De resto, esse aqui é um pedacinho da praia que eu peguei só pra mim. Sem chance de eu contar sobre esse lugar pra qualquer turista.

— E por que você tem essa curiosidade? — Sapphire então fez uma pausa, percebendo que a pergunta foi muito direta. — Desculpa, não tive a intenção de ser grossa.

— Relaxa — o líder deu uma risada. — Quando eu tinha mais ou menos a sua idade eu viajava pra tudo que é canto pra disputar campeonatos de surf. Conheci gente de todo o tipo, lugares incríveis e culturas muito diferentes da de Hoenn. Mas depois que assumi o cargo de líder de ginásio isso se perdeu. Agora fico preso em Dewford, sem muitas oportunidades de sair daqui. Eu amo esse lugar, é onde eu nasci e cresci, mas meu espírito de liberdade me diz que eu preciso ir pra outros lugares também. Assim eu posso sentir saudades daqui um dia.

Sapphire nada dizia. Apenas ouvia atentamente o que parecia um desabafo de um líder de ginásio exausto, apesar de manter sempre um sorriso no rosto. Nunca tinha parado pra pensar na hipótese de que aquelas pessoas também eram treinadores, algo muito maior que meros obstáculos para novatos como ela superarem. E então percebeu que tinha muito a aprender com aquelas pessoas.

— Vou te contar uma coisa. Fica só entre a gente, por enquanto.

— Claro, pode dizer.

— Talvez este seja meu último ano como líder. Assim que os ginásios pararem para o início da Liga eu vou entregar o cargo. Vou apostar mais uma vez na carreira de surfista profissional e deixar a academia funcionando pra ter uma renda extra.

A notícia pegou Sapphire de surpresa. Ainda que ela não conhecesse tanto Brawly a ponto de saber sobre toda a vida dele, não podia deixar de estranhar como ele poderia, com tanta naturalidade, decidir renunciar a um cargo desejado por muitos.

— Eu passei os últimos sete anos da minha vida me sentindo trancado, aguardando vir até mim pessoas que estavam vivendo seus sonhos. Agora eu sinto que preciso ir atrás dos meus também.

— E você pode largar o ginásio assim?

— Tem aquela boa e velha burocracia, saca? Mas eu consigo lidar com isso de boa.

Brawly naquele momento encarava o horizonte, mas se virou para Sapphire exibindo o mesmo sorriso de sempre.

— Já te contei o meu sonho. Qual o seu?

A menina ficou imóvel após a pergunta, com o olhar distante em direção ao mar. Por um breve instante se lembrou do dia em que contou ao seu pai que queria sair em jornada e tentar a sorte como treinadora. Apesar de ter se divertido na estrada com Ruby e Camila e ter experiências de emoção e adrenalina, outra até mesmo de terror, nunca parou para pensar se estava vivendo o seu sonho. Foi este o motivo para ter saído de casa, afinal.

— Bom — a treinadora ajeitou o cabelo que era bagunçado pelo vento costeiro. — Eu acho que é isso que eu tô tentando descobrir.

— Então veremos qual o tamanho da sua vontade de descobrir esse sonho — Brawly pôs as mãos na cintura, exibindo um semblante de confiança e imposição. — Te vejo amanhã no final da tarde. Aqui mesmo, só que batalharemos no topo da Caverna de Granito. E vou me certificar de chamar uma galera pra assistir.

— P-p-pera aí — Sapphire começou a tremer de nervosismo. — Eu nem fiz a segunda etapa! E que conversa é essa de “chamar uma galera”?

— Sabe como é, eu tava te gastando — o líder ria bastante. — A segunda etapa é a batalha. Você foi aprovada hoje de manhã já. Eu só joguei essa conversa de “próxima etapa” pra te trazer pra cá.

Sapphire não teve nem tempo de reclamar. Brawly sequer a deixava dizer qualquer coisa. O líder parecia mais animado com a batalha do dia seguinte do que a própria desafiante.

— Bora voltar? Se a maré começar a subir a gente vai ter problema.

Os dois se puseram a caminhar pela mesma faixa estreita de areia, agora ainda menor por conta do avanço do mar tão comum naquele horário. Pouco tempo depois estavam de volta à cidade. Ao pararem na porta de entrada da academia, Brawly explicou com mais detalhes sobre a batalha.

— Essa é apenas uma academia que eu tenho. Ela é considerada oficialmente como o ginásio porque eu precisava de um endereço físico para cadastrá-lo na Liga Pokémon — dizia o rapaz. — Mas as batalhas são sempre no topo da Caverna de Granito. Em horário de maré alta as ondas vêm bastante altas e batem com força nas pedras. É um cenário perfeito para os desafiantes se sentirem inspirados. É a natureza demonstrando sua força, afinal.

— Mal posso esperar pra ver.

O líder de ginásio começou a rir, deixando Sapphire confusa.

— Você não vai conseguir ver — disse o homem, exibindo um sorriso desafiador logo em seguida. — Eu não vou te dar tempo pra isso.

— É o que vamos ver — a garota respondeu no mesmo tom. — Aprendi muita coisa com você hoje. Até mais do que coisas relacionadas a batalhas e desenvolvimento como treinadora. Mas não pense que vou aliviar pra você amanhã. Tenho um objetivo claro, e preciso conquistar sua insígnia pra seguir em frente.

— Eu tô louco pra te dar essa insígnia, mas você vai ter que merecer — Brawly estendeu o braço para Sapphire, com o punho ainda fechado. — Bateu a curiosidade de ver como você batalha.

Sapphire sorriu, e com um semblante de provocação rebateu o rapaz.

— Também não vou te dar tempo de analisar isso — a garota então retribuiu o gesto do líder, fazendo com que os dois tocassem seus punhos cerrados.

— É assim que eu gosto. A gente se vê amanhã. Descanse bem até a hora da batalha.

Assim que Brawly entrou na academia, Sapphire ficou encarando a porta por onde ele havia passado. Já se aproximava de meio-dia, mas a sensação que tinha era a de ter se passado um dia inteiro.

Naquele momento a treinadora era tomada por uma sensação de satisfação que não conseguia descrever. Talvez fosse uma mistura de sentimentos que tornava aquele momento tão único. Um novo amigo, um desafio importante se aproximando, uma conversa boa. Com certeza guardaria aquele dia como uma grande experiência, e se sentia mais madura para a importante batalha que teria no dia seguinte.

FIM DO CAPÍTULO 16

  

{ 18 comments... read them below or Comment }

  1. E aí, beleza Shadow? Não achei que viria aqui tão cedo, e cá estou! Um capítulo novinho, saído direto do forno! Mas que coisa linda!

    Mano, achei muito bom o que ocorre nesse capítulo. Primeiro temos mais uma prova da persistência de Sapphire ali no teste. Ela convence aos seus Pokémon, e mais do que isso, convence a si, de que conseguiria terminar a prova a todo custo. E consegue! Logo depois o Brawly chama ela pra conversar, coisa que eu sei que poucos treinadores tem o privilégio de ver ocorrer. No mais a gente tem aquela conversa sobre sonhos, abordada de um jeito bem singelo, e temos a resposta que esperamos ouvir de alguém como ela. Mano, sobre a conversa...

    Referências! Ótimas referências! Agora cabe ao povo ter lido as fontes das referências pra entender. Hsushsususuus, vejo teorias! Hsuejeeue.

    Mano Shadow, valeu aí por mais um capítulo, e até depois !

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não achou que ia ter capítulo hoje, né? Nem eu kkkkkkkkkkk

      A Sapphire precisava passar por esse desafio para poder enfrentar o Brawly. E ela não pode ficar presa em Dewford, atrasando o Ruby e a Camila, que também têm seus objetivos. Mas no fim das contas ela conseguiu o resultado trabalhando lado a lado com o Jet e o Dan, esse ainda meio rabugento.

      A conversa que veio depois foi um meio de explorar melhor essa questão de que às vezes você pode estar em uma posição que muita gente almeja, mas na hora de perguntar se realmente está vivendo seu sonho não consegue responder. É o caso do Brawly. Mas antes de liberá-lo, ainda tem o desafio da Sapphire, que veremos muito em breve.

      E quanto às referências... Entendedores entenderão kkkkkkk

      Até a próxima! õ/

      Delete
  2. Opa, tudo bom?

    Cara, ótimo capítulo!
    O teste foi interessante, esperava que a Sapphire fosse surpreender todos com suas habilidades físicas, mas ela quase morreu ali.
    No final ela conseguiu passar e é isso que importa.
    Definitivamente o melhor do capítulo foi a conversa na praia. Caraca, Brawly foi muito bem explorado,realmente.
    Ele é um espírito livre, não pode ficar parado num lugar sem fazer aquilo que mais gosta, não sou bom com comentários, sø digo que eu gostei muito dele!
    A batalha de ginásio (ou quase isso) vai com certeza ser muito mais emocionante depois de ver esse outro lado do Brawly.
    E acho que é isso, ótimo capítulo e mal posso esperar para o próximo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Vai pensando que o teste do Brawly é brincadeira kkkkkkkkkkkkk Ele pode ser gente boa, mas quando resolve fazer algo ele leva a sério! Mesmo a Sapphire com toda a vivência dela nesse ambiente de aventuras por pouco não conseguiu lidar com a carga de exercícios. Mas como você mesmo disse, o que importa é que ela passou e agora vai poder enfrentar o Brawly!

      Que bom que curtiu o trabalho com o Brawly! Foi uma decisão de última hora fazer isso, mas salvou um capítulo que eu já não tinha muita ideia de como desenvolver sem que ele ficasse chato igual ao equivalente dele na primeira versão da AEH.

      Eu não tenho nem ideia do que vai sair dessa batalha. Vou é usar a estratégia de sempre: não fazer nada e deixar que os próprios personagens se resolvam kkkkkkkkkkk

      Até a próxima! õ/

      Delete
  3. E aí, companheiro! Pô, que belo capítulo, sempre gosto de ver um líder de ginásio tendo um bom desenvolvimento antes da batalha, isso acaba transmitindo uma profundidade bem maior. Se você conseguir manter a postagem de um A Gym Leader's Life antes de cada disputa vai ser ótimo, conclua o que nunca tive a capacidade de terminar kkkk

    Opa, agora sim a Granite Cave recebeu bom uso! kkk Digno, melhor do que uma exploração genérica. Gostei dessa ideia da praia perdida, o que mais curto nas fanfics é essa liberdade que temos de acrescentar coisas novas, tanto que esse pequeno espacinho de areia que você descreveu realmente existe nos jogos, é como se fosse uma trilha perdida para algum lugar distante, basta usarmos nossa imaginação.

    O Brawly está recebendo um tratamento digno da antiga Hoenn, espero que você honre com essa batalha. O papo dele com a Sapphire na praia foi profundo, prender uma pessoa que pertença ao mundo num cargo maçante é uma verdadeira punição. E isso agora me fez pensar: o que a Sapphire realmente quer? Qual o sonho dela? Ganhar a Liga Pokémon? Ser feliz? Ter a paz que tanto procura? Provar algo a alguém? Sair em busca de um sentido? Acho que somente a vida ensinará isso a ela kkk Ansioso pela próxima batalha, dá aquela caprichada, hein!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu gosto bastante do Brawly. Ele é um líder que tem um excelente background, até mais do que a Roxanne que a gente trabalhou há pouco menos de 10 capítulos atrás. E espero que o Gym Leader's Life dele só venha a trazer ainda mais o personagem pra perto do pessoal. E estou confiante nisso, ainda mais depois das ideias que você me deu pro capítulo dele.

      Aquele pedacinho de areia que nos jogos só levava até um item aleatório escondido sempre mexeu com minha curiosidade, de modo que me fizesse pensar: "Po, mas o que será que tem atrás daquelas árvores?" Daí eu resolvi usar esse capítulo pra explorar o meu próprio palpite sobre o assunto. E ficou um ambiente propício pra essa conversa do Brawly e da Sapphire, quase como se ele tivesse sido feito só pra isso (se bem que foi, né...)

      Pra completar esse arco agora é o especial e a batalha de ginásio. Será que teremos os assuntos de Dewford resolvidos antes do Carnaval? É difícil, mas não impossível!

      O sonho da Sapphire só descobriremos junto com ela, lá na frente. Mas até lá tem muito chão pra andar ainda, e vamos acompanhá-la em suas descobertas.

      Até a próxima, meu parceiro! õ/

      Delete
  4. Faz um tempo que eu li o capítulo, mas recentemente eu corri atrás de um Pokémon no Pokémon GO e eu literalmente passei mal, de ficar com a visão turva. Eu lembrei da Sapphire. Parece que o Jet tá tranquilão com ela, mas o Dante ainda não se deu por vencido. Ele precisa de mais. Cara, já temos 16 capítulos! Que galinha chata! Até o Pikachu do Red já tá mais de boinhas! aushaushaushaushahus
    Zoeira a parte, eu quero ver como ele vai se comportar frente aos desafios do ginásio, porque mesmo sendo um GYM Fighting, eu tenho ctz que o Brawly não vai dar moleza pro Jet, e vai sobrar pro Dante.
    E eu gostei muito desse papo aí do Dante com a Sapphy. Quero dar uma lida no GLL dele logo :3

    E MDS, QUERO MT VER COMO VAI FICAR ESSE CAMPO DE BATALHA!!!!

    ANSIOSO PARA O PRÓXIMO! SÓ VAMO!

    ReplyDelete
    Replies
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Perseguiu Pokémon até cair de cara no chão, também? Caso a resposta seja sim então parabéns, toma aqui o seu Selo Sapphire de Competência Duvidosa!

      O Dan é um nojo mesmo kkkkkkkkkkkkk Provavelmente ele nem tem motivo pra ser assim, é só um Torchic full pistola a troco de nada. Ou será que não? :v

      Cara, eu mal posso esperar pra fechar esse arco de Dewford logo. Eu quero ver também como será a batalha de ginásio, porque não tenho nada planejado ainda. Mas creio que ela vai ter um tempero especial por causa da amizade que a Sapphire e o Brawly estão construindo. :v

      E o Gym Leader's Life vem aí também! Poderemos conhecê-lo mais um pouco antes de ver a porrada comer!

      Até a próxima! õ/

      Delete
  5. Yo, Shadow!

    Eu achei que nós já teríamos a segunda batalha de Ginásio da Sapphire nesse capítulo. Mas, fui trollado. Esqueci que estamos em Hoenn e que as coisas são mais tranquilas em relação à Johto. Não existe vergonha nenhuma sua em fazer capítulos assim, tranquilos, que foquem justamente em algo tão importante: O desenvolvimento dos personagens. Eu costumo juntar sempre uma coisa com a outra, em que os personagens desenvolvam suas habilidades, temperamentos e defeitos enquanto estão no meio de situações adversas e complexas como em uma batalha. Isso o que li agora é justamente o oposto. É uma forma de preparar terreno pro que você tem preparado pra história e eu estou plenamente curioso pra essa batalha diferentona. Espero que você DERRUBE a caverna com uma batalha totalmente overpower.

    See ya!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ainda não foi dessa vez kkkkkkk Era necessário fazer aquela preparação antes, né? Pra se certificar de que ela está em condições de enfrentar o Brawly, que não será nada fácil.

      Hoenn tem um ritmo que eu não consigo descrever. Algumas coisas vão rápido, outras vão devagar, e assim parece que estamos na mesma velocidade da versão antiga da história, sendo que no começo do reboot eu queria fazê-la mais acelerada. Mas foi até bom, quero aproveitar mais cada cidade.

      Capítulos calmos também podem desenvolver personagens. Ou muitas vezes mostrar o quanto eles se desenvolveram. Aqui vimos mais a construção do personagem Brawly, a Sapphire mesmo só ficou escutando. Mas tenha em mente que essa conversa vai ter um peso muito grande pra ela no futuro.

      Eu quero logo essa batalha, cara! Não aguento mais! kkkkkkkkkkkkkkk E não vamos derrubar pontos turísticos! A Caverna de Granito é lar de uma variedade de espécies importante para Hoenn. Vamos preservar a natureza!

      Até a próxima! õ/

      Delete
  6. hiiiie :)

    esse capítulo ficou bem bonito!
    eu adoro esse background que o shadow dá aos líderes de ginásio, é como a sapphire refletiu, eles são muito mais do que combates e confrontos que os treinadores têm de vencer! eles são pessoas! e acredito que muitas vezes se esquecem desse pormenor...

    eu gostei muito de todas essas descrições e reflexões, aquela conversa entre os dois ficou bem deep e agora estou muito muito ansioso para ver esse combate no topo da caverna de granito!

    SÓ VEM!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Você conseguiu pegar a ideia central desses capítulos que precedem as batalhas de ginásio, além dos próprios especiais do A Gym Leader's Life. Os líderes são personagens importantíssimos para o desenvolvimento dos protagonistas, nesse caso a Sapphire, e por isso merecem ser melhor explorados dentro da história.

      Essa conversa entre o Brawly e a Sapphire é só uma das mil e uma coisas que não foram planejadas, simplesmente apareceram em cima da hora. Por causa disso eu brinco dizendo para os leitores que participam do grupo do Discord que AEH é uma história que se escreve sozinha, eu apenas passo os capítulos pra cá pro blog.

      Devido a essa tarde que os dois tiveram juntos já podemos ver um pequeno sinal de uma amizade surgindo, e se isso realmente acontecer podemos esperar uma batalha bem mais intensa no próximo capítulo.

      Até a próxima! õ/

      Delete
  7. Parece que líder de ginásio também é gente, não é mesmo? Eles tem conflitos, sonhos e necessidades como qualquer um de nós em nossas vidas. A abordagem que fez sobre o Brawly foi maravilhosa mano, até porque o capítulo teve seu foco alterado durante seu desenrolar(Em primeira vista achei que seria um capítulo bem focado na prova da Sapphire) e isso abriu um leque de possibilidades bem usadas por você. Dou um ponto a mais pela escolha do GIF na "capa", que se ligada ao contexto ambos casam bem.

    Capítulos com reflexões são os meus favoritos!(Depois dos que contém a Camila como foco HSUAHUAUEH porque ela é minha e de mais ninguém).

    ReplyDelete
    Replies
    1. Cara, pior que era mesmo pra ser um capítulo focado na prova, mas do nada o Brawly pediu licença e chamou a responsabilidade. Eu nada pude fazer kkkkkkkkkkkkkkk

      O especial dele mostra um pouco de como ele era, e o que o fez ficar em Dewford durante tanto tempo como líder de ginásio. Mas agora com o tempo ele se redescobriu, e vai voltar a correr atrás daquilo que ele quer. A batalha vai ser nada mais que a confirmação disso. Vamos ver como ela vai mexer com o cara.

      Quando eu vi esse gif dos Wingulls eu tive que colocar no capítulo. Uma caminhada na praia, um dia relaxante, etc. Eu chamo esse gif de "Peeko e o milagre da multiplicação" kkkkkkkkkk Porque são vários Wingulls, e tem a Peeko, e esquece!

      Ah, fique tranquilo que o 19 é todo focado na rainha de AEH. E bem, é possível que você nunca mais a veja da mesma forma kkkkkkkkkk

      Até a próxima! õ/

      Delete
  8. Eae Shadow
    Tudo tranquilo?

    Esse capítulo foi bem surpreendente,pensei que seria focado no teste mas o Brawly roubou a cena.

    Acho muito bacana como as fics permitem a expansão do universo,tipo,quando você joga os jogos os líderes de ginásio são só mais um desafio,parados esperando ansiosamente um treinador,e não é assim que a vida funciona haushsussushushssu

    É bem interessante ver um personagem novo na história recebendo destaque e mostrando que ele não está ali apenas esperando um desafio,ele tem sonhos que quer realizar, Brawly é um espírito livre :v

    Camila e Ruby estão na caverna,sozinhos,o que pode estar acontecendo lá?Talvez algum mon novo,a relação deles se desenvolver mais,encontrar a Zinnia novamente, ou eles só tão treinando e explorando mesmo.

    Gostei muito da conversa da Sapphire e do Brawly,acho que eu me identifico um pouco com a parte de estar tentando descobrir seu sonho,até o momento estou sem sucesso como a Sapphire,mas continuarei tentando uashuahsuahshuas

    Gostei bastante do capítulo
    See ya

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu acho que comentei com alguém sobre isso. Realmente o capítulo era pra ser sobre o desafio, mas do nada virou uma grande reflexão da vida do Brawly auhasuhasuhasuhasuhasuas Que inclusive se estende ao especial do Gym Leader's Life.

      Líderes de ginásio são importantíssimos no desenvolvimento dos protagonistas. É injusto deixá-los apenas como postes aguardando os desafiantes e deixando que eles passem após conseguir a insígnia. Obviamente não dá pra colocar todos os líderes de ginásio em participação constante na história, porque são muitos, mas pelo menos uma aparição aqui e outra ali já podem ser o suficiente para dar mais importância a eles.

      Eu também tô muito nessa de não saber o que eu quero da vida kkkkkkkkk Mas uma hora a gente descobre.

      Até a próxima! õ/

      Delete
  9. Coé eterno Sombroso, como cê tá meu brodi?
    Mano eu acho que gostei mais desse teste do Brawly do que o teste da Roxanne e olha que eu gosto pacas da Roxanne, man, mas esse teste físico da Sapphire ela deu bem mais seu melhor que lá na prova, mas é só minha opinião, eu gosto demais do Brawly ele e a May conversando sobre o sonho deles e man eu senti muito uma vibe Moana vinda do Brawly (o horizonte me pede para ir tão longe, será que eu vou? ninguém tentou).
    Foi um capítulo bom pacas, ansioso para ver o desafio de Saph vs Brawly no topo da Caverna Granita, mas primeiro vou ler o GL's Life do Brawly.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Pra enfrentar o Brawly tem que ser fitness! Ginásio de crossfiteiro é assim kkkkkkkkkkk Mas a Sapphire sempre subiu em árvore (Bambam desaprova tal atitude), então ela sempre esteve no shape. No pain, no gain!

      Brawly é um espírito livre, mas com senso de dever. Ele sentia que precisava fazer algo por Dewford, e isso você vai poder ver no especial dele, mas sua vontade mesmo é de continuar rodando o mundo em busca da onda perfeita kkkkkkkk

      A batalha deles foi uma das que eu mais gostei de escrever. Espero que goste do resultado.

      Até a próxima! õ/

      Delete

- Copyright © 2013 - 2018 Aventuras em Hoenn - Shadow - Powered by Blogger - Designed CanasOminous -